Israel espera mudança de embaixada do Brasil para Jerusalém em janeiro

Chancelaria israelense quer que transferência seja organizada assim que Jair Bolsonaro tomar posse; Liga Árabe alertou Brasil contra decisão

A vice-ministra das Relações Exteriores de Israel, Tzipi Hotovely, disse “esperar que a embaixada brasileira se mude para Jerusalém em janeiro”, logo depois que o presidente eleito Jair Bolsonaro tomar posse.

A afirmação foi feita no domingo, 9, durante a conferência anual dos embaixadores do Ministério das Relações Exteriores, e relatada pelo jornal israelense Haaretz.

Hotovely, que é do Likud, partido do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu, também afirmou que é importante “continuar a campanha para conseguir que mais embaixadas estrangeiras se mudem” para Jerusalém.

“Em maio, marcaremos um ano desde a mudança da embaixada dos Estados Unidos para a capital, e temos uma janela histórica de oportunidade para trazer o maior número possível de embaixadas estrangeiras a Jerusalém”, disse ela, acrescentando: “O mundo é simples – nós tivemos apenas uma capital nos últimos 3.000 anos, e é Jerusalém”.

Fonte: Revista VEJA Online .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *