O chamado a oração muçulmana é silenciado em Israel

Parlamento de Israel vota para abafar chamado para oração muçulmana

Parlamento de Israel vota para abafar chamado para oração muçulmana

O Parlamento do estado israelense aprovou nesta quarta-feira(8) em primeira votação dois projetos de lei, um para impedir à noite o conhecido canto do muezim, que, a partir da madrugada, anuncia em voz alta o momento das cinco preces diárias, e outro para barrá-lo completamente.

Estes textos, que devem ser adotados em três leituras antes de adquirir força de lei, provocaram críticas no mundo árabe ao serem anunciados no mês passado pelo governo.

Um dos projetos quer proibir o uso de altos-falantes entre as 23 horas e as 7 da manhã, e foi apresentado pelo Lar Judeu, partido nacionalista religioso. Foi votado por 55 votos contra 47.

O segundo, mais restritivo, apresentado pelo Israel Beiteinu, partido nacionalista laico, foi votado por 55 votos contra 48.

Os projetos dizem respeito ao “adhan”, recitado cinco vezes por dia, geralmente por meio de um sistema de sonorização, para chamar os muçulmanos à oração.

Para os palestinos que vivem sob a ocupação israelense em Jerusalém Oriental e na Cisjordânia vizinha, como para os árabes israelenses que se dizem tratados como cidadãos de segunda classe em Israel.

O projeto é uma violação adicional dos seus direitos ou mesmo um ato racista.

 

Kit HEBRAICO e GREGO PRÁTICO E EFICAZ! Este Curso destina-se a todas as pessoas que vem no hebraico e grego um mundo de possibilidades! Interprete a Palavra de Deus corretamente!
Kit HEBRAICO e GREGO
PRÁTICO E EFICAZ!
Este Curso destina-se a todas as pessoas que vem no hebraico e grego um mundo de possibilidades!
Interprete a Palavra de Deus corretamente!

Um comentário em “O chamado a oração muçulmana é silenciado em Israel

  • י׳ באדר ה׳תשע״ז (8 de março de 2017) em 22:13
    Permalink

    tem q proibir essa lavagem celebral

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *